Planejamento tributário: a vacina eficaz contra o pagamento de impostos desnecessários

Tempo de leitura: 3 minutos

Não importa qual a especialidade e a área de atuação, a contabilidade é um assunto que faz qualquer médico ficar de cabelo em pé quando esta precisa ser aplicada à gestão de clínicas e consultórios. 

É compreensível esse comportamento, tendo em vista que a contabilidade é uma área de conhecimento bastante distinta da medicina e pouco usual entre esses profissionais. Por outro lado, é extremamente importante ficar atento aos aspectos da gestão contábil e financeira para evitar más escolhas e colocar em risco os rendimentos mensais dessas empresas.

No artigo de hoje nós vamos ajudá-lo a entender sobre uma das principais técnicas da contabilidade para reduzir a carga tributária – o valor pago de impostos no final do mês: o Planejamento Tributário, uma arma poderosa na gestão de qualquer empresa.

Planejamento Tributário

O que é Planejamento Tributário?

O planejamento tributário é um conjunto de ações e estratégicas que objetiva reduzir a incidência da carga tributária sobre as empresas. Essa técnica também é conhecida como Elisão Fiscal, uma estratégia legal, ou seja, permitida pela legislação brasileira, que consiste na escolha da melhor opção tributária para evitar perdas com o pagamento de impostos desnecessários.

É importante destacar que Elisão Fiscal não se confunde com Evasão Fiscal, que é uma técnica ilegal utilizada por empresas para evitar o pagamento de impostos. A evasão fiscal é proibida por lei, por isso considerada crime no regulamento jurídico brasileiro.

Quais as principais vantagens do planejamento tributário?

  • Reduz os custos do empreendimento
  • Aumenta a competitividade do negócio no mercado
  • Permite a escolha de um regime tributário adequado
  • Redução na alíquota de impostos
  • Permite a simulação e a análise de cenários pelos quais o negócio pode passar

Como fazer um bom planejamento tributário?

Escolha uma empresa especializada

Se você leu até este ponto é porque o tema é muito importante dentro da sua rotina e percebeu que precisa contar com ajuda especializada. Escolha uma empresa especializada na sua área de atuação para receber soluções personalizadas e dentro das suas necessidades e perfil de atuação.

Escolha o melhor regime de tributação

É necessário definir como será a forma de prestação de serviços, se serão tributados como pessoa física ou pessoa jurídica. 

Se a opção feita for prestar os serviços como pessoa jurídica, as opções são: Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Cada uma possui as suas vantagens e desvantagens, logo, é de extrema importância conversar com um especialista para entender o melhor modelo de tributação para a sua empresa.

Estime uma projeção de despesas e receitas

Faça uma projeção detalhada de todas as despesas e receitas. Estime os valores com despesas operacionais, despesas com folha de pagamento, receita total, distribuição da receita, entre outras informações consideradas relevantes para a operação da empresa. 

Para esta etapa você deve contar com um profissional especializado, isso permitirá que o processo seja mais rápido e preciso.

Realize simulações

Nesta última etapa você já deve realizar simulações de acordo com as informações que foram inseridas na fase de projeção financeira. Não esqueça que a simulação deve ser muito próxima do cenário real de atuação, somente dessa forma você terá um “retrato” fidedigno do seu planejamento tributário.

Gostou da leitura? Para mais informações sobre esse e outros assuntos, visite as nossas redes sociais ou fale com o nosso time de especialistas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *